Todo Dia Com Jesus

Gálatas 2:11-21

Em que consistia a gravidade desse retorno à lei? Por que Paulo o toma tão seriamente a ponto de reprovar Pedro publicamente por sua atitude equivocada? (vv. 11-14). É que o fato de encorajar os crentes a retornar ao judaísmo e a confiar nas obras estava, na realidade, dizendo que a obra do Senhor Jesus não era suficiente. Eis como muitos cristãos em nossos dias parecem pensar. Eles reconhecem, em princípio, o valor expiatório do sacrifício de Cristo, mas, ao mesmo tempo, fundamentam a salvação sobre suas próprias obras e sobre a prática de sua religião. Fazem o que podem e contam com Deus para o resto. Respondemos a eles com o versículo 16: "... o homem não é justificado por obras da lei, e, sim, mediante a fé em Cristo Jesus". Um meio tão simples? Sim, mas proporcionado por uma Pessoa imensamente poderosa! É o "Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim" (v. 20). Qual é a minha parte nesta obra? A que pode ter um morto, a saber, nenhuma. Tendo sido crucificado com Cristo, estou livre da lei e, "logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim". Amigo leitor, a quem o Senhor ama, você pode fazer suas essas benditas declarações com toda a sinceridade?

Envie: Publique:

Compre a versão impressa

Compartilhe online

Envie por email

Publique em redes sociais


Assine nosso informativo

Para alterar ou cancelar o email cadastrado, clique aqui.

Novidades Chamada.com.br

Siga-nos no twitter
Quem Somos | Termos de uso e privacidade Feed RSS |  Facebook |  Twittercopyright © ajesus.com.br