Todo Dia Com Jesus

Mateus 14:1-21

O capítulo 11 nos mostrou João Batista na prisão. Aprendemos que ele foi jogado na prisão por Herodes (filho do rei de que fala o capítulo 2). E por que motivo? João não teve medo de repreendê-lo porque ele se havia casado com a mulher que seu irmão repudiou. Agora a fiel testemunha paga com sua vida pela coragem de ter dito a verdade para o rei. Sua morte ocorre em meio aos divertimentos e festas da corte real; é o terrível salário do prazer oferecido ao cruel monarca (Tiago 5:5-6). Herodes até poderia estar entristecido naquele momento, mas já há muito tempo ele queria a morte de João Batista (v. 5), pois o ódio à verdade e àqueles que a proferem estão sempre juntos. Humanamente falando, o fim de João Batista é trágico e até horrível, porém, aos olhos de Deus, era o cumprimento triunfante da sua "carreira" (Atos 13:25).

Podemos até imaginar o que a notícia da morte de Seu precursor causou em Jesus. Não era o anúncio de Seu próprio desprezo e de Sua cruz? Parece que Sua tristeza fez com que sentisse a necessidade de estar só (v. 13). Porém a multidão O alcança de novo, e Seu coração, que sempre pensava nos outros, compadece-se dela. Ele realiza em favor da multidão o grande milagre da primeira multiplicação dos pães.

Envie: Publique:

Quem Somos | Termos de uso e privacidade Feed RSS |  Facebook |  Twittercopyright © ajesus.com.br